Goianésia alcança primeiro lugar em utilização do NUTTs

Home Noticias Visualizar

Publicado em: 08/06/2018
Nº Visualizações: 960


                                     Goianésia alcança primeiro lugar em utilização do NUTTs

O município de Goianésia recebeu homenagem especial do Núcleo de Telemedicina e Telessaúde da Faculdade de Medicina da UFG (NUTTs) por ter se colocado em primeiro lugar entre os municípios goianos que mais utilizaram o sistema de Telessaúde em 2017. A homenagem aconteceu na segunda reunião extraordinária anual do Conselho dos Secretários Municipais de Saúde (COSEMS), realizada no dia 19 de abril último. À homenagem, feita pelo coordenador estadual do NUTTs, Professor Alexandre Taleb e pela gerente administrativa, Quéren Àvila, estiveram presentes, de Goianésia, o secretário Municipal de Saúde, Hishan Mohamad Hamida; o coordenador do Telessaúde no município, Uelberson Pires da Silva; a coordenadora de Atenção Básica, Patrícia Cristina L. Gonçalves; o secretário geral de Saúde, Elísio Chavier e a presidente do COSEMS no município, Gersilene Ferreira. No ranking dos 10 municípios goianos que mais registraram sua utilização do Telessaúde no ano passado, Goiânésia, como primeiro colocado, é seguido, pela ordem, pelos municípios de Niquelândia, Damolândia, São João da Paraúna, Goianira, Paraúna, Uruana, Montes Claros de Goiás, Alexânia e, por fim, Goiânia.


(Entrega das placas memorativas ao município de Goianésia de melhor utilização Telessaúde Goiás 2017).

O município de Goianésia, localizado na região central de Goiás a 170 quilômetros distante de Goiânia, tem cerca de 67 mil habitantes, onde existem 33 unidades de saúde e 21 unidades de Telessaúde e atuam 207 profissionais vinculados à área de saúde. Segundo dados do NUTTs, os profissionais que mais utilizaram o sistema em 2017 foram nesta sequência: assistentes sociais, cirurgiões dentistas, enfermeiros, fisioterapeutas, médicos e psicólogos. Entre eles Alexandre Ricardo Gonçalves - cirurgião dentista da estratégia de saúde da família, Ana Flávia de Souza Cabral - cirurgião dentista- clínico geral, Antônia Cristina Morais Silva - assistente social, Carlos Eduardo Costa - cirurgião dentista - clínico geral, Glauco Rogerio Alves da Costa - médico geriatra, Jânio Carlos Fagundes - enfermeiro da estratégia de saúde da família, Kamylla Gabriella Honorato Ribeiro - fisioterapeuta geral, Luciana Barbosa Camara - cirurgião dentista- periodontista, Lucinéia Roneide Vieira dos Santos Magalhães - psicólogo clínico e Mércia Bráulio Gonçalves - cirurgião dentista da estratégia de saúde da família. Quanto ao número de casos clínicos atendidos, somam 2.379, além de 123 dúvidas de gestão pública. As áreas mais atendidas foram Teleodonto – transtornos de dentes e sua estrutura; Telenfermagem – aconselhamentos diversos; e Telemedicina – cardiologia, neste caso com 1.613 pacientes atendidos. Na área de Telediagnóstico em Teleoftalmologia, o destaque foi para o Programa de Detecção das Principais Causas de Cegueira, com 1.242 pacientes atendidos com retinografias. Conforme seu coordenador, Professor Alexandre Taleb, a rede do NUTTs foi criada em 2007 e hoje cobre 203 dos municípios goianos, tendo em sua abrangência 1.600 unidades. A meta da Telessaúde para este ano é atingir a totalidade dos municipios goianos, que somam aotodo 246. Assim, faltam somente 43 municípios para se atingira cobertura total da rede Telemedicina e Telessaúde no território goiano.

(Profissionais que mais utilizaram o Telessaúde em 2017).




voltar

0 Comentários



Nossa Missão

Levar assistência e promover educação permanente aos profissionais lotados nas Unidades de Saúde, independentemente de sua localização, fomentando o acolhimento, diagnóstico e conduta terapêutica através de tecnologia de informação e comunicação, de forma ética e eficaz, buscando melhorar a qualidade da assistência local e reduzir o número e qualificar os encaminhamentos para as unidades de referência.